8 Dicas importantes
17/02/2017 - 0h22 em Antes da Festa

Existe casal que não abre mão de viajar para o exterior na lua de mel, mesmo não tendo aquela grana que se costuma gastar em viagens internacionais. Pensando nisso, listamos algumas dicas que vai te ajudar a economizar na viagem de lua de mel fora do país para finalmente tirar esse sonho do papel. Confere aí!

1 – Estejam com os documentos em dia

É muito importante estar sempre prevenido, preparado e com os documentos atualizados. Se o casal está planejando fazer uma viagem para fora do Brasil no ano que vem, por exemplo, se antecipe e não deixe para tirar ou atualizar os documentos em cima da hora.

Até porque, ninguém gosta de perder uma boa promoção, não é? Assim, caso surja alguma promoção de uma agência de viagem ou até mesmo das companhias aéreas, vocês já estarão com os documentos em dia, e poderão fazer a viagem.

2 – Procurem por uma passagem mais em conta

É preciso ter sempre em mente que tudo que vocês deixarem para última hora sairá mais caro. Então, quando o casal estiver certo de fazer a viagem para fora do Brasil, se antecipe.

Pesquise por passagens para o seu destino todos os dias. As companhias de aviação estão sempre colocando promoções em passagens para todos os lugares do mundo. Então, se realmente quer economizar, basta ficar ligado e acessar esses sites com frequência.

Nesse sentido, o ideal é comprar a passagem com seis meses de antecedência. Assim, caso vocês optem por parcelar, conseguirão pagar uma boa parte até o dia da viagem.

3 – Façam um planejamento completo

Aqui não estamos mais falando de passagens e hotéis — um planejamento vai muito além disso. O casal pode pesquisar, por exemplo, sobre o custo de alimentação, os passeios gratuitos que o país oferece, os pontos turísticos etc.

O ideal é conversar com alguém que já foi para o mesmo lugar para buscar informações. Assim, vocês conseguirão economizar antes mesmo de sair do Brasil.

4 – Não andem de taxi

Existem exceções? Sim, existem. Ainda assim, a maioria dos países oferece um transporte público de qualidade. Então, vocês não precisam gastar com táxis.

Além disso, alguns países — como os Estados Unidos, por exemplo — possuem os carros da Uber circulando por quase todas as cidades, que sabemos, sai muito mais em conta que um táxi.

E se o país que vocês forem não contar com esses serviços, não fique triste, pois andar a pé não é feio. Nos outros lugares do mundo, os moradores ficam até felizes quando os turistas não alugam carros, para não poluir mais ainda suas cidades.

5 – Evitem a alta temporada

Acreditamos que um dos principais erros que os turistas cometem quando querem economizar é planejar a viagem na alta temporada.

Como aqui no Brasil, os preços de hotéis, restaurantes e passagens sobem quando é a principal temporada no exterior. Por conta disso, o ideal é planejar e viajar em baixa temporada.

Assim, além de conseguir um preço mais acessível em passagens, hotéis, refeições e até mesmo os passeios turísticos, vocês conseguirão aproveitar muito mais as belezas do país, tendo em vista que não haverá muitos turistas no mesmo lugar que vocês.

6 – Economizem na alimentação

Sair gastando com alimentação todo o dinheiro que vocês economizaram é uma cilada. “Estou indo viajar para a Itália, e não vou poder comer uma boa massa? Como assim?”. Calma, não é isso que queremos dizer — muito pelo contrário.

Não significa que vocês não podem experimentar a gastronomia do país que você escolheu, mas consumir comidas e bebidas dos frigobares de hotéis, por exemplo, é algo que sai muito caro.

É preciso tomar cuidado, pesquisar e optar por bares e restaurantes que tenham um preço mais em conta. Os preços variam muito — como no Brasil —, por isso, é preciso estar atento e sempre procurar o mais barato.

7 – Não utilizem o chip do Brasil no exterior

Imagine que vocês chegaram no Brasil depois de aproveitar muito as férias no outro lado do mundo. Então, abre a caixa do correio e se depara com um valor absurdo na conta do telefone. Pois é, isso é comum quando se usa o chip do Brasil no exterior.

De fato, as taxas cobradas pelas operadoras são absurdas nesses casos. Então, quando estiverem de saída do Brasil, desabilite os dados do seu celular e, se for o caso, comprem um chip no próprio país.

O ideal é que vocês se comunique com os familiares e amigos que ficaram no Brasil por meio da internet, com aplicativos como WhatsApp, Facebook, Skype, entre outros.

8 – Atentem-se ao comprar moeda estrangeira

O imposto sobre operação financeira — mais conhecido como IOF — é menor quando se está adquirindo a moeda. Então, se vocês querem pagar menos pela moeda estrangeira, o melhor é levar o dinheiro em espécie.

Nesse caso, o interessante é pesquisar muito as opções de câmbio antes de fechar qualquer negócio. E nunca acredite em cambistas! Vocês podem acabar entrando em uma furada, e a viagem sairá muito mais cara que o esperado.

Além disso, se optarem por levar cartões de crédito prestem atenção nos gastos e não esqueçam que a moeda internacional vale duas, três ou, em certos países, até quatro vezes o valor do nosso Real.

Botem as dicas em ação e tenham uma lua de mel fora do país maravilhosa, sem preocupações!

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Mitos